ANONYMOUS E TEAM POISON SE JUNTAM PARA O ATAQUE OPROBIN HOOD

O grupo hacker Anonymous publicou um vídeo no YouTube anunciando que estaria juntando forças com a equipe do Team Poison para uma empreitada batizada de OpRobinHood. Assim como o nome sugere, a operação tem como objetivo tomar posse do dinheiro nas contas bancárias de ricos e repassá-lo a instituições de caridade e humanitárias.
No vídeo, o grupo mostra que o alvo não são os ricos em si, mas sim os bancos, em protesto às recentes investidas e manifestações no centro financeiro de Nova York que resultou na prisão e coação de muitos manifestantes.
Os dois grupos revelam ainda que 99% de tudo que for “recuperado” dos bancos será repassado para as vítimas. Segundo eles, a ação servirá como resposta as transações abusivas com cartão de crédito que causaram o sofrimento dos menos favorecidos. A equipe está confiante de que operação Robin Hood será um sucesso e garante que aqueles que tiverem suas contas violadas serão reembolsados pelos bancos.


Anúncios

TORRE EM TÓQUIO É A CONSTRUÇÃO MAIS ALTA DO MUNDO COM 63O METROS. E A ´´BURJ KHALIFA“ E SEUS 828 METROS ONDE FICA?

Sky Tree em Tókio, com seus 634 metros de altura

Uma matéria dada hoje por uma grande portal de internet deixou muitos internautas confusos e até mesmo revoltado.

A mateira falava sobre a torre de transmissão Sky Tree, que com seu ponto mais alto a incríveis 634 metros do chão, entrou para o Guinness (Livro dos Recordes) como a estrutura mais alta do mundo. construída em Tóquio,  Sua construção começou em 2008 e finalmente está próxima de ser aberta para a visitação do público que agora terá mais uma torre gigante alem da Canton Tower na China que caiu para o segundo lugar com seus 600 metros de altura.

Porem a duvida e a revolta de muitos internautas é pelo fato de a matéria citar a torro como a maios estrutura já construída sem discorrer se o Guinness estava ou não considerando a torre como um prédio, pois se esse for o caso a matéria seria uma errata.


Segundo o próprio Guinness Book, o mundoesta o pescoço mesmo é diante da BurjDubai, a obra mais alta já construída pelo homem, inaugurada em Dubai em 04de janeiro de 2011. De concreto e aço por dentro, e vidro e alumínio por fora,sua altura oficial foi um segredo bem guardado até o último segundo: 828 metros.

Na comparação com outro prédio famoso o Empire State, de Nova York, com443,2 metros , seria preciso botar dois “Empires”, um em cima dooutro, para chegar à altura da torre de Dubai. O prédio mais alto do Brasil é oMirante do Vale, no centro de São Paulo, com 170 metros. Uma Burj vale quasecinco Mirantes.

A torre pode ser vista a 95 quilômetros de distância, tem 167 andares e 12 miloperários trabalharam na construção. E muitos ainda cuidam de detalhes, como onome oficial, Burj Khalifa. Burjquer dizer torre em árabe, e Khalifa é uma homenagem ao presidente dos EmiradosÁrabes. Mas todo mundo chama de Burj Dubai mesmo.

A mais de 300 grupos de, no mínimo, 25 pessoas cada já fizeram suainscrição para presenciar os primeiros dias de visitação à torre Sky Tree, que devecomeçar dia 22 de maio de 2012.

O complexo comercial ainda irá contar com aproximadamente 300 lojas,restaurantes e outras atrações, sendo que cada andar do complexo terá um designdiferente.

EU QUERO SER A PRIMEIRA PREFEITA DE ARACAJU, DIZ A DEPUTADA ANA LUCIA DO PT.

A deputada estadual Ana Lúcia Menezes (PT) nesta terça-feira, 29, no plenário da Assembleia Legislativa de Sergipe, expressou a sua imensa vontade de se tornar a primeira prefeita de Aracaju. “Só teremos uma mudança substancial quando vivenciarmos uma democracia plena, que depende de uma política de equidade para as pessoas que estão excluídas da sociedade”.

Sem desconhecer a importância dos nomes que pretendem concorrer a disputar das eleições municipais de Aracaju, ela defendeu o que acha ser uma das melhores opções para 2012.

“O meu nome, enquanto mulher, educadora, cidadã e aracajuana está à disposição da população que vem acompanhando o meu trabalho e sabe que há 22 anos eu milito no PT, e esta filiação deu-se exatamente pelo convencimento do seu programa e projeto estratégico de transformação da sociedade, que tem o fim de mudar valores e comportamentos. É um projeto estratégico que não acredita que o capitalismo vai transformar as relações sociais e econômicas do nosso país, mas que ao invés disso acredita que esta transformação acontecerá a partir da luta dos trabalhadores, da organização da sociedade civil que sonha com um mundo humanizado em que o ser humano é o centro das atenções e referência”, assegura

Ana Lúcia faz um resgate histórico da trajetória e atuação do Partido dos Trabalhadores nas administrações anteriores e avaliou que a população aracajuana sempre foi e permanece cada vez mais politizada, por isso deseja uma disputa eleitoral polarizada.

“Este embate será político e ideológico, mas também de projetos. Não sou engenheira e não sou a favor de tocar obras por tocar obras. Acho que a obra deve atender a uma necessidade humana, social. Tenho clareza que esta cidade precisa de um projeto de drenagem urbana, muito debate e um projeto de mobilidade urbana para esta cidade. Não falo só pela questão do transporte coletivo. É algo mais complexo que isso. Tenho clareza de que, pelo muito que fizemos, ainda temos que fazer muito mais. E se o Partido dos Trabalhadores, que sempre confiou no meu trabalho e militância, continuar confiando, irei para a disputa municipal. E espero fazer com respeito um bom embate com a oposição através da disputa de projetos políticos antagônicos clareza de um projeto”, expressou.

Ao reafirmar seu compromisso de mudança social, a pré-candidata Ana Lúcia revelou o interesse de democratizar a beleza de Aracaju, tão elogiada por turistas e todos que visitam a trabalho ou passeio a capital sergipana. “Nossa capital precisa de um projeto sem discriminação de norte e sul, leste ou oeste. Tenho ouvido nos debates do Plano Diretor em alguns bairros: por que a beleza da cidade não chega aqui? Precisamos trabalhar para que Aracaju possa ser apreciada e prestigiada como um todo com projetos que valorizem a beleza natural de cada região”, defendeu.

COM INFO: emsergipe

DETALHES DA PRISÃO DE COBRA CORAL

Na manhã desta quarta-feira, 30, a polícia detalhou a prisão de uma dupla responsável por diversos roubos, latrocínios e homicídios, na região do Vale do Cotinguiba. José Adelmo dos Santos, de 19 anos, conhecido como “Cobra Coral”, e um comparsa identificado como Rogério Santos de Jesus, de 29 anos, o “Corró”, foram presos durante uma operação realizada no município de Laranjeiras, interior sergipano, que  contou com agentes civis da delegacia da cidade de Laranjeiras com o apoio de policiais civis da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), além de militares da companhia do município de Laranjeiras.
Os detalhes das ações da dupla foram revelados pela coordenadora da Polícia Civil do Interior (Copci), Viviane Pessoa, juntamente com o delegado da cidade de Laranjeiras, Ronaldo Marinho, e o comandante do pelotão da Polícia Militar de Laranjeiras, tenente Luis Carlos Prudente.  “Cobra Coral” e “Corró”, são responsáveis por diversas ações criminosas como roubos a estabelecimentos comerciais, agências dos Correios, bem como homicídios e latrocínios.


Delegado Ronaldo Marinho, a coord. do Copci Viviane Pessoa e o tenente Prudente

Moradores do Vale Cotinguiba já haviam denunciado a onda de violência espalhada pela dupla, que atuava sempre armada e realizava ameaças. Informações repassadas pela população à polícia ajudaram nas investigações e na prisão dos suspeitos que teriam ligação com outras quadrilhas desarticuladas anteriormente.  José Adelmo, que devido à atitude violenta na execução dos crimes, era chamado pela população como o sucessor de Pipita, um menor de idade que foi morto em 2008, após cometer uma série de crimes na região Sul do Estado, sempre com requintes de crueldade, além das fugas que desafiavam a polícia.
De acordo com o tenente Luís Carlos Prudente, que participou do cerco, denúncias anônimas contribuíram para as prisões. “Entrei em contato com o delegado e iniciamos as diligencias. Prendemos o ‘Cobra Coral’ no povoado Pedra Branca, e o ‘Corró’ no Centro de Laranjeiras. Já estávamos no encalço deles, no entanto, sempre conseguiam fugir, mas graças a Deus conseguimos ter êxito e tiramos esses criminosos do ceio da sociedade”, disse.
Ainda segundo a polícia, José Adelmo, estava na casa de parentes onde se recuperava, depois de ter sido atingido por um tiro durante um desentendimento com um desafeto, em Aracaju. Além disso, ele ficou conhecido após sofrer uma descarga elétrica, quando tentava fugir do Cenam, onde estava internado, no ano de 2010.
“Eles não tiveram como reagir à prisão devido ao nosso cerco. A dupla é acusada de assaltos a agências dos Correios, casas lotéricas, comércios da região e quatro homicídios. ‘Cobra Coral’ chega a assumir a autoria de alguns crimes. Vale ressaltar que o êxito da operação deve-se a colaboração da população em realizar denúncias através do  181”, afirmou o delegado Ronaldo Marinho.
“Eram dois fugitivos de alta periculosidade, sendo que  tivemos uma redução representativa de assaltos a agência dos Correios e casas lotéricas com a desarticulação desta quadrilha. Além disso, conseguimos realizar as prisões sem alardes”, disse Viviane Pessoa, coordenadora do (Copci). 


DO: EmSergipe

por Ágora BR. Postado em POLICIA

GOVERNO DO ESTADO INAUGURA O MUSEU DO POVO SERGIPANO

Fotos: Marcelle Cristinne/ASN

A história de um povo pode ser manifestada no linguajar da sua gente, na sua culinária, nos hábitos corriqueiros dos seus cidadãos ou em ações grandiosas dos seus filhos ilustres. Pode ser conhecida pelas lutas do passado, por sua geografia, fauna e flora peculiares e contada através de livros, nos versos dos seus poetas, no sotaque que se ouve nas ruas, nas músicas dos cantores da terra, nas danças de raiz, nas manifestações culturais populares, através das artes plásticas exportadas para o mundo ou no artesanato que revela a singularidade de cada região. Sobre esta perspectiva, a partir de hoje, a história e a cultura do povo sergipano pode ser encontrada e apreciada nas paredes, no piso e em toda a estrutura do Museu da Gente Sergipana, inaugurado na noite deste sábado, 26, pelo governador Marcelo Déda.

http://www.agencia.se.gov.br//player/mediaplayer.swf?file=http%3A%2F%2Fwww.agencia.se.gov.br%2Fgaleria%2F201111%2F28%2F1575%2FMUSEUGENTESERGIPANA.flv

Fotos: Marcelle Cristinne/ASN

“É um museu para elevar a autoestima do povo sergipano, para que nós possamos ter orgulho da nossa terra e do nosso povo, para que possamos perceber a grandeza da contribuição que o menor estado do Brasil ofereceu a nação brasileira. Aqui, nós teremos contanto com a cultura mais erudita de Tobias Barreto, da historiadora Maria Thetis Nunes, teremos a luta do nosso povo, folclore, a literatura de cordel, a culinária, tudo o que representa ser sergipano, para que quem venha de fora conheça melhor a alma da nossa gente e para nós sergipanos sairmos daqui orgulhosos de termos nascido nesse pequeno, mas belíssimo pedaço do Brasil”, declarou o governador.

Fotos: Marcelle Cristinne/ASN

A tecnologia e modernidade presenciada no museu dialogam com o conceito moderno e de desenvolvimento que são marcas do Banco do Estado de Sergipe.  “O Banese se consolidou como um exemplo de banco público, mas continuamos sempre em curso com a modernização. É nosso dever promover o interesse da sociedade da qual fazemos parte e este é um legado para as gerações futuras e um presente para atual geração”, garantiu o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento.

Projeto âncora do Instituto Banese, o Museu da Gente Sergipana é um lugar de encanto que oferecerá aos seus visitantes a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre Sergipe e sobre o povo que contribuiu no passado e contribui no presente para formação desse pequeno grande estado. Apresentando aos turistas e sergipanos as riquezas matérias e imateriais dessa terra e permitindo que sua gente se reconheça em cada pedaço do museu.

Instalações e tecnologia
Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
Após a solenidade de abertura, onde também foi apresentada a nova marca do Banese, sustentada pelos pilares de força do banco: solidez, respeito ao cliente, modernidade e acessibilidade, o governador junto ao presidente do Banese fizeram o descerramento da placa inaugural e desenlace da fita da entrada do museu.
Um passeio no espaço possibilitou o conhecimento das instalações do local. O chefe do executivo estadual e demais presentes visitaram o pavimento térreo, que dispõe de um auditório com capacidade para 100 pessoas, foyer, átrio cultural e galeria para exposições temporárias que irão inserir Sergipe no roteiro cultural das exposições nacionais, loja, café e estacionamento.



Investimento

Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
Iniciada em outubro de 2009, a obra para a construção do museu contou com um investimento orçado em aproximadamente R$ 22 milhões, incluindo os gastos com a aquisição de terreno e casas para construção de estacionamento e do prédio administrativo para sede do Instituto Banese, além da restauração do Atheneuzinho, projeto e instalações museográficas, mobiliário e equipamentos de informática e audiovisuais. O museu é um presente do Banese para o povo sergipano, no ano em que o banco comemora 50 anos de existência e excelência ao lado dos seus conterrâneos.
Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
“Eu acompanhei a construção, a chegada de cada equipamento e a cada capítulo que eu via mais eu me entusiasmava. Acredito que um banco como o Banese não teria outra forma de agradecer aos sergipanos, por 50 anos de confiança, por 50 anos de credibilidade, se não através de uma obra como essa. Porque essa obra tem como principal objetivo reafirmar a grandeza do nosso estado, a singularidade da nossa cultura e a beleza do nosso povo,” efatizou Déda.
Presenças
Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
Prestigiaram as solenidades a primeira-dama do Estado e secretária de Assistência, Inclusão e Desenvolvimento Social, Eliane Aquino, o vice-governador Jackson Barreto, os secretários de Estado da Casa Civil e da Fazenda, Jorge Alberto e João Andrade Vieira, respectivamente, o desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe, Cláudio Dinart Déda Chagas, representando o TJ, a desembargadora e presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Suzana Maria Carvalho Oliveira, o vice-prefeito da capital e secretário Municipal de Saúde, Silvio Santos, os senadores Antônio Carlos Valadares e Eduardo Amorim, os deputados federais Rogério Carvalho, Márcio Macêdo, Valadares Filho e Laércio Oliveira.
Fotos: Marcelle Cristinne/ASN
o subsecretário do Patrimônio Histórico e Cultural de Sergipe, Luiz Alberto dos Santos, além do presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, vereador Emanuel Nascimento, os reitores da Universidade Federal de Sergipe e da Universidade Tiradentes, Josué Modesto dos Passos Subrinho e Jouberto Uchôa de Mendonça, respectivamente, o ex-prefeito de Aracaju, João Augusto Gama, o conselheiro do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa e o defensor público Geral do Estado, Raimundo Veiga.


INFO: ASN CLICK NO LINK PARA A MATÉRIA COMPLETA.
por Ágora BR. Postado em CULTURA

GABARITO DO 2º DIA DE VESTIBULAR É LIBERADO PELA UFS

Passado o 2º dia de provas dos concurso vestibular da UFS 2012, a Universidade federal de Sergipe libera para consulta lista pública o gabarito do segundo dia..

todos os interessados em consultar a sua performance nas questões aplicadas poderão fazer isso acessando este link.  gabarito.


VEJA TAMBÉM: DIVULGADO O GABARITO DO 1º DIA DE PROVAS