FELIZ 2012 PARA TODOS

Mais um ano terminando, e nós que fazemos o Portal Alarde queremos agradecer a todos que contribuíram conosco neste breve período em que estamos no ar. Vocês são os verdadeiros culpados pelo nosso sucesso de todos os dias, dormimos e acordamos pensando em levar para todos vocês as informações necessárias para seu dia. 

por isso queremos agradecer de coração e garantir que iremos continuar trabalhando 
para deixar vocês cada dia mais perto da noticia neste novo ano que se aproxima. A todos que nos acompanham em nossa rede Facebook, Twitter, Google Plus, blogger, linkedIn …

o nosso muito obrigado. 


  R. Lima
______________________
 Fundador e Editor Chefe

Anúncios

NASCE EM ARACAJU/SE GÊMEAS SIAMESAS

AMaternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) realizará uma coletiva na manhãdesta quarta-feira, 28, para falar sobre as gêmas siamesas Karinny Vitória eKamille Vitória que nasceram com corações fundidos.

As meninas vieram ao mundo pesando 4,435 kg. Apesar do quadro clínico estável,as duas permanecem em observação no isolamento da Unidade de Terapia IntensivaNeonatal (UTIn).

O parto cesáreo foi realizado no último dia 22 e desde então a equipe médicapartilha o caso com os especialistas do Incor (Instituto do Coração) em SãoPaulo, para avaliar a possibilidade de cirurgia de separação. 

Quando soube que daria a luz à siamesas, durante a primeira ultrassonogriarealizada apenas no sexto mês de gestação, a mãe das gêmeas, a dona de casa de22 anos, Aline Ferreira foi tomada por um misto de surpresa e ansiedade. 

Moradores do município de Amparo de São Francisco, os pais de Karinny e Kamilleagora tem outra preocupação: o enxoval das recém-nascidas. Como estádesempregado, o vendedor Cris Magno dos Santos solicitou a divulgação do fatopara que a sociedade possa colaborar com a família.
FHS
por Ágora BR. Postado em SAÚDE

FELIZ NATAL DO PORTAL ALARDE E FAMÍLIA

O natal esta chegando e nós que fazemos o Porta Alarde não poderíamos deixar essa data passar em branco.

BAIXEM O CARTÃO SE DESEJAREM

gostaríamos de poder dar um presente acada um dos nossos leitores, mais como isso não é possível, esperamos que essa pequena lembrança seja aceita como forma do nosso agradecimento a todos que acessaram o nosso blog durante esse curto período de vida online, a quem esta nos seguindo , a quem curtiu a nossa pagina no Facebook, a quem já esta nos nosso círculos no G+, quem nos segue no Twitter e a todos que de alguma forma leu ou compartilhou nosso conteúdo na grande rede, o nosso muito obrigado e Feliz Natal a todos

24 MUNICÍPIOS DE SERGIPE RECEBERÃO ACADEMIAS DA SAÚDE DO GOVERNO FERDERAL

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou os municípios que serão contemplados pelo Programa Academia da Saúde, que estimulam a criação de espaços adequados para a prática de atividades físicas e lazer. Em todo o Brasil, foram selecionados 2 mil polos que serão instalados em 1.828 municípios. Para Sergipe, serão destinadas 24 unidades, em 23 municípios. O anúncio foi realizado durante a 11ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi).De acordo com o estudo Vigitel 2010, 16,4% dos brasileiros são sedentários e apenas 15% dos adultos são ativos no tempo livre.
“As Academias da Saúde são mais do que espaços públicos de lazer: trata-se de meios de acesso às práticas corporais pela maioria da população, com impacto direto na qualidade de vida e na saúde das pessoas”, ressalta o ministro. Padilha observa que a construção desses espaços é uma das estratégias do governo federal para a promoção da saúde, prevenção de enfermidades e redução de mortes prematuras por Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) – medidas previstas no Plano de Ações Estratégicas para Enfretamento das DCNT. Lançado em agosto, tem como meta a redução de 2% ao ano das mortes prematuras por essas doenças. O objetivo é alcançar melhorias em indicadores relacionados ao tabagismo, álcool, sedentarismo, à alimentação inadequada e obesidade.

Os polos do Programa Academia da Saúde são espaços públicos construídos para a prática de atividade física. As atividades devem estar ligadas aos serviços de atenção básica. Lançada no último mês de abril, a estratégia Academia da Saúde estimula a criação de espaços adequados para a prática de atividades físicas e lazer, a exemplo de iniciativas bem sucedidas realizadas em cidades como Aracaju, Belo Horizonte, Curitiba, Recife e Vitória.  Os secretários de saúde destes municípios receberam, durante a Expoepi, uma homenagem do ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

SEDENTARISMO E OBESIDADE – De acordo com o estudo Vigitel 2010, 16,4% dos brasileiros são sedentários; ou seja, pessoas que não fazem nenhuma atividade física no tempo livre, nem mesmo nos deslocamentos diários ou em atividades como a limpeza da casa ou outros tipos de trabalho. A pesquisa também mostra que, nos períodos de lazer, 25,8% dos brasileiros passam três ou mais horas em frente à TV, durante cinco ou mais vezes por semana. Além disso, apenas 15% dos adultos são ativos no tempo livre, com maior proporção entre homens (18,5%) na comparação com as mulheres (12%) e existe diferença importante em relaçao a escolaridade, 12% da populaçao com menos escolaridade é ativa e 20% da populaçao com 12 anos ou mai s de escolaridade é ativa, mostrando a importancia de investir em espaços que promovam atividade física para ampliar o acesso da populaçcoa de baixa renda.  A Organização Mundial de Saúde recomenda a prática de 30 minutos de atividade física, durante cinco ou mais dias por semana.

Outro indicador preocupante se refere ao sobrepeso e à obesidade. O Vigitel 2010 mostra que 48% dos brasileiros estão acima do peso e, desses, 15% são obesos. “A obesidade é, em geral, consequência de alimentação inadequada e inatividade física, o que pode levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes, por exemplo”, alerta Deborah Malta.

SAÚDE BRASIL – Durante a Expoepi, como ocorre em todos os anos, são lançadas publicações relacionados ao segmento. Um dos destaques é a edição 2010 do Saúde Brasil –  uma análise geral da situação de saúde do brasileiro, desde o nascimento até a morte. A obra, produzida pela Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, apresenta indicadores demográficos e epidemiológicos e demonstra tendências que poderão subsidiar a definição de novas ações estratégicas e políticas públicas de saúde.

A EXPOSIÇÃO – A Expoepi é promovida pela SVS do Ministério da Saúde, com o objetivo de dar visibilidade às ações de Vigilância em Saúde e discutir aspectos relevantes para o aprimoramento da área. O encontro mobiliza trabalhadores do SUS de todas as regiões e estados. Este ano, está prevista a participação de 2,5 mil  profissionais de saúde da rede pública.

A participação ativa de representantes e trabalhadores do SUS no encontro reflete a incorporação crescente da epidemiologia no planejamento, na análise e na reorientação das ações de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos em saúde pública. Além disso, reafirma a valorização dos profissionais empenhados em monitorar e promover a saúde, prevenir doenças e agravos e melhorar a qualidade de vida da população brasileira.

Durante a Expoepi serão premiadas produções técnico-científicas de profissionais da rede pública que contribuíram para o aprimoramento das ações de Vigilância em Saúde por meio de trabalhos de pós-graduação. Os vencedores recebem prêmios de R$ 3 mil (especialização), R$ 6 mil (mestrado) e R$ 9 mil reais (doutorado). Ao todo serão premiados três trabalhos, um em cada categoria de pós-graduação, no valor total de R$ 18 mil.
UF MUNICÍPIO Qtde_polos
SE Aracaju 1
SE Brejo Grande 1
SE Campo Do Brito 1
SE Canindé de São Francisco 1
SE Cristinápolis 1
SE Divina Pastora 1
SE Estância 1
SE Feira Nova 1
SE Ilha Das Flores 1
SE Itabaiana 1
SE Lagarto 1
SE Maruim 2
SE Nossa Senhora Do Socorro 1
SE Pedra Mole 1
SE Pedrinhas 1
SE Pirambu 1
SE Porto Da Folha 1
SE Santa Rosa De Lima 1
SE São Francisco 1
SE São Miguel Do Aleixo 1
SE Tobias Barreto 1
SE Tomar Do Geru 1
SE Umbaúba 1 

do: emsergipe.com

LULA FAZ VÍDEO FALANDO APÓS ALTA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (1º) que está “preparado” para enfrentar o câncer de laringe e que acha que vai conseguir “tirar de letra” o tratamento – veja no vídeo ao lado.
“Eu estou preparado para enfrentar mais uma batalha e acho que nos vamos conseguir tirar de letra. Basta que a gente siga recomendações médicas, basta que a gente faça aquilo que precisa ser feito e acho que vamos vencer essa batalha. Não foi a primeira e não será a última batalha que eu vou enfrentar”, afirmou Lula, em vídeo gravado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, de onde teve alta após a primeira sessão de quimioterapia.
O vídeo foi divulgado no site do Instituto Lula, dirigido pelo ex-presidente. Ele agradeceu a “solidariedade” das pessoas.
“Eu quero mais uma vez agradecer ao povo brasileiro [pelo] carinho, pela solidariedade. O que aconteceu comigo é daquelas coisas que acontecem com todo mundo, mas a gente pensa que só acontece com os outros. Nunca com a gente. (…) Com a solidariedade de vocês vai ser muito mais tranqüilo, mais fácil”, disse o ex-presidente.
Com a voz rouca, prejudicada pelo câncer, Lula disse que gostaria de falar “bem alto” seu mais famoso bordão, com o qual abriu praticamente todos os pronunciamentos oficiais à nação nos oito anos em foi presidente da República.
“Vocês percebem que minha voz não está boa ainda. Estou doido para falar bem alto um ‘companheiros e companheiras’ mais forte, mas não estou podendo ainda, mas de qualquer forma eu e Marisa agradecemos o carinho, de coração, pelas manifestações de vocês. Um beijo e até a primeira assembleia, o primeiro comício, o primeiro ato público”, disse Lula ao se despedir no vídeo.
Dona Marisa e o ex-presidente Lula no Hospital Sírio-Libanês nesta terça (Foto: Divulgação / Instituto Lula)
Otimismo
Na mensagem, Lula também reforçou a imagem de otimismo que tem sido reproduzida por todos que tiveram contato com o ex-presidente desde o diagnóstico do câncer.
“Não existe espaço para ficar lamentando: ‘Ah, hoje o dia não foi bom’. Se o dia não foi bom, a gente faz ele ficar melhor amanhã com muita garra. Preste atenção numa coisa: sem perseverança, sem muita persistência, sem muita garra, a gente não consegue nada. E nenhum ser humano pode se deixar vencer por uma dor, por um câncer”, completou.
Mesmo a luta contra a doença sendo o motivo da mensagem, o ex-presidente fez questão de dar um tom político à fala e pediu que o povo brasileiro apóie a presidente Dilma Rousseff.
“A gente precisa continuar acreditando no Brasil, botando fé nesse país. Será inexorável a caminhada do país para se transformar em uma grande economia e na melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro. A gente tem que acreditar na nossa presidenta, ajudá-la, porque é assim que o Brasil vai para frente”, disse Lula.
Equipe médica
De acordo com Artur Katz, um dos médicos que tratam o tumor e que acompanharam Lula durante a primeira fase do tratamento, o ex-presidente deixou a primeira sessão de quimioterapia “otimista”, sem apresentar náuseas e já com melhoras na voz.

“Ele não sentiu náuseas e a grande questão dele nesta manhã era saber quando poderia almoçar. É improvável que ele tenha náusea forte, uma vez que ele não teve nada até agora. Talvez um ligeiro mal-estar”, afirmou Katz minutos após o ex-presidente deixar o hospital.
O médico disse também que a melhora na voz rouca ocorreu por causa do tratamento de um edema (inchaço) próximo ao tumor. “A voz melhorou muito em parte por causa do edema que existia junto à lesão que não existe mais. E a voz dele está praticamente normal. Ele está bem humorado, indo para casa e daqui a 21 dias ele volta”, disse.
Por volta do dia 14 de novembro, o ex-presidente deve iniciar a segunda das três sessões de quimioterapia previstas. Os primeiros efeitos colaterais, ainda segundo Katz, já deverão se apresentar “nas próximas semanas”.
“Ele deve se sentir um pouco cansado nos próximos dias. Mas nada que seja muito diferente do que um resfriado forte”, afirmou Katz. Segundo ele, Lula terá uma “vida normal” nesse período, porém “sem a mesma agenda”, em referência às constantes viagens.
Segundo outro médico, Paulo Hoff, o ex-presidente não tirou a barba nem o cabelo. “A queda de cabelo e de pelos varia de paciente para paciente, mas por conta da quimioterapia, isso deve ocorrer em algumas semanas, a não ser que ele faça alguma coisa [a barba] por conta própria”.Caso necessário, a bolsa de infusão, ligada a um catéter para injetar na veia novas doses de remédios nos próximos dias, pode ser retirada facilmente, em casa ou no hospital.
Após a quimioterapia, Lula foi submetido a novos exames, mas, segundo Katz, a equipe médica não notou nada diferente do que já havia sido diagnosticado.
Alta
O boletim médico, divulgado pelo hospital, informou que o ex-presidente teve alta às 14h16, e a primeira sessão de quimioterapia não teve “intercorrências”.
Na noite de segunda (31), Lula recebeu a visita da presidente Dilma Rousseff. Ela afirmou que, na conversa com Lula, o ex-presidente “poupou a voz”. Segundo Dilma, ele está “falando baixo” e não fez comentários sobre a previsão dos médicos de que perderá cabelos e barba durante o processo de quimioterapia.
Câncer de laringe (Foto: Editoria de arte/G1)
foto do G!.CoM

LULA COMEÇA HOJE O TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER DE LARINGE

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de 66 anos, acordou cedo hoje para enfrentar a sua primeira batalha contra o câncer. Desde as 8h que ele estar no ambulatório do Centro de Oncologia, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. em jejgum devido ao implate de um cateter que terá de fazer e com muita confiança como demostrou durante todo o dia de ontem, domingo, Lula confessou a amigos próximos o medo de que o tumor e o tratamento afetem sua fala.

O tratamento

O tratamento será comandado pelo médico Artur Katz, um dos oncologistas mais respeitados do país.  Lula chegar receberá uma anestesia local e fará a implantação de um cateter conhecido como port-a-cath. A peça será injetada por baixo da pele na região do tórax. Se sentir dores mesmo com a anestesia, Lula será sedado na veia. Esse procedimento foi o mesmo usado quando o ator Reynaldo Gianecchini e a presidente Dilma Rousseff estiveram no mesmo ambulatório. “Ele já está ciente de como será o tratamento e está bem tranquilo. Esse estado de espírito será fundamental para o tratamento”, disse o médico particular de Lula, Roberto Kalil Filho, que fez uma visita ontem à tarde ao paciente.

Procedimentos
Já com o cateter ligado a uma veia profunda, Lula receberá a primeira dose de quimioterapia. No total, serão injetados hoje três medicamentos que agirão em conjunto para atacar as células cancerígenas. Se sentir dores, os médicos administrarão analgésicos. “Pelo protocolo padrão, serão aplicados primeiramente por duas horas doses dos medicamentos Cisplatina e Docetaxel. Em seguida, será injetado por cinco horas ininterruptas um terceiro medicamento chamado Fluoracil”, explica o oncologista Rodrigo Guedes.

Como a aplicação do terceiro medicamento tem duração longa, Lula poderá ir para casa com uma bomba injetora ligada ao cateter. No entanto, os médicos vão propor a ele que fique internado no hospital para que a administração dessa droga seja acompanhada de perto pela equipe do Centro de Oncologia. Devido ao poder das drogas administradas para o tratamento, já é certo que dentro de duas semanas Lula começará a enfrentar queda de cabelo.

Radioterapia 

Como três centímetros de diâmetro é considerado grande para um tumor localizado numa região delicada como a laringe, a equipe médica do Sírio-Libanês resolveu que Lula vai fazer sessões de radioterapia logo depois dos três ciclos de quimioterapia. A previsão é que a primeira aplicação ocorra em nove semanas. Lula fará sessões de radioterapia juntamente com novos ciclos de quimioterapia.

Nessa fase do tratamento ele já estará totalmente sem cabelos e barba. A previsão é que ele receba 35 sessões diárias durante sete semanas. Os efeitos colaterais mais comuns da rádio em tumores na laringe serão dores na garganta, dificuldade para engolir alimentos sólidos e surgimento de aftas (mucosites), além de perda de apetite. Nessa fase também é possível que Lula tenha a voz comprometida. “Mesmo com a cura do câncer na laringe, os pacientes ficam com rouquidão permanente”, atesta Guedes.

Palanques 

O ex-presidente passou o domingo em casa com a esposa, filhos e netos. Por orientações médicas, não recebeu visitas para preservar a voz e falou pouco até mesmo ao telefone. Para todos os médicos com quem conversa, Lula pergunta preocupado se poderá fazer discursos em palanques. A resposta vaga do tipo “esperamos que sim” e “é possível que você leve uma vida normal” deixa o petista angustiado. Ontem, ele aproveitou a visita do seu médico particular para fazer uma sabatina. “Claro que ele está assustado, pois é um ser humano”, ponderou Kalil Filho. Ao notar que alguns fotógrafos estavam usando sacadas de prédios vizinhos para tentar fazer imagens do interior do seu apartamento, Lula foi até a janela com um bebê no colo e fechou a cortina.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, mandou ontem um comunicado pela chancelaria do seu país manifestando apoio e solidariedade ao ex-presidente. “Em nome de todo o povo venezuelano e com a experiência que vivi ao enfrentar uma situação parecida, quero expressar, com a irmandade que nos une ao companheiro Lula, meu profundo desejo de que o tratamento ao qual será submetido nas próximas semanas permita a sua pronta recuperação”, diz trecho do comunicado.

com informações do: Estado de Minas