SORTEIO DE A. DO NORTE E CARIBE, OCEANIA, ASIA E EUROPA

joseph blatter sorteio da copa do mundo 2014 (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

na europa 53 países disputarão a fase de grupos das Eliminatórias europeias. Os melhores dos nove grupos estarão na Copa. Haverá uma segunda fase com os melhores segundos colocados.

SORTEIO DA ZONA DA ASIA
Grupo A: China, Jordânia, Iraque e Cingapura.
Grupo B: Coreia do Sul, Kuwait, Emirados Árabes e Líbano.
Grupo C: Japão, Uzbequistão, Síria e Coreia do Norte.
Grupo D: Austrália, Arábia Saudita, Omã e Taliândia.
Grupo E: Irã, Qatar, Bahrein e indonésia.

SORTEIO DA ZONA DA AMERICA CENTRAL E CARIBE
Bebeto e Lucas Piazon sobem ao palco para o sorteio das Américas do Norte, Central e Caribe.

Três equipes da Concacaf se classificarão para o Mundial. A quarta colocada disputará a respecagem.
Definidos os grupos da segunda fase das Eliminatórias da Concacaf:
Grupo A: El Salvador, Suriname, Ilhas Cayman e República Dominicana
Grupo B: Trinidad e Tobago, Guiana, Barbados e Bermudas
Grupo C: Panamá, Dominica, Nicarágua e Bahamas
Grupo D: Canadá, São Cristóvão e Névis, Porto Rico e Santa Lúcia
Grupo E: Granada, Guatemala, São Vicente e Granadinas e Belize
Grupo F: Haiti, Antígua e Barbuda, Curacao e Ilhas Virgens Americanas

Na terceira e última fase entrarão as principais seleções. Serão três grupos com quatro equipes cada. Os vencedores dos grupos vão à Copa.

Grupo A: Vencedores dos grupos E e F da segunda fase, Estados Unidos e Jamaica.
Grupo B: Vencedores dos grupos A e B da segunda fase, México e Costa Rica.
Grupo C: Vencedores dos grupos C e D da segunda fase, Honduras e Cuba.

VEJA TAMBÉM

SORTEIO DA ZONA DA OCEANIA

Grupo A: Vanuatu, Nova Caledônia, Taiti, vencedor de uma fase preliminar.
Grupo B: Fiji, Nova Zelândia, Ilhas Salomão e Papua-Nova Guiné.
16h26
TR
As Eliminatórias da Oceania terão dois grupos de quatro seleções. Apenas uma avançará para disputar a repescagem contra o quarto colocado das Eliminatórias da Concacaf.
16h25
TR
A melhor seleção das Eliminatórias da Oceania disputará a respecagem.
16h24
TR
A Oceania não conta mais com a participação da Austrália, que disputa as Eliminatórias da Ásia.

ZONA DA AMERICA DO SUL

Na America do sul não há sorteio, Lembrando que a América do Sul não precisa de sorteio. A disputa será feita em formato de pontos corridos e não contará com a participação do Brasil, classificado por sediar a Copa.

SORTEIO DA ZONA DA EUROPA

Grupo A: Croácia, Sérvia, Bélgica, Escócia, Macedônia e País de Gales.
Grupo B: Itália, Dinamarca, República Tcheca, Bulgária, Armênia e Malta.
Grupo C: Alemanha, Suécia, Irlanda, Áustria, Ilhas Faroe e Cazaquistão.
Grupo D: Holanda, Turquia, Hungria, Romênia, Estônia e Andorra.
Grupo E: Noruega, Eslovênia, Suíça, Albânia, Chipre e Islândia.
Grupo F: Portugal, Rússia, Israel, Irlanda do Norte, Azerbaijão e Luxemburgo.
Grupo G: Grécia, Eslováquia, Bósnia e Herzegovina, Lituânia, Letônia e Liechestein.
Grupo H: Inglaterra, Montenegro, Ucrânia, Polônia, Moldávia e San Marino.
Grupo I: Espanha, França, Bielorrúsia, Georgia e Finlândia.

Espanha e França estão no mesmo grupo. Uma das duas terá que disputar a repescagem. Os oito melhores segundos colocados disputarão a repescagem.

DEFINIDO O SORTEIO DA ZONA DA AFRICA

Um dos grandes momentos na criação e organização de um projeto para um campeonato de futebol mundial, são as eliminatórias do mesmo. as eliminatórias são competições a nível continental que serve para escolher os representantes de cada pais, que neste caso são os campeões e os melhores colocados, mais para que haja essas eliminatórias, é realizado um sorteio no país sede da próxima copa do mundo -que este ano é o Brasil- para a escolha dos confrontos.
e sobre isso vamos ver como ele acontece

ELIMINATÓRIAS AFRICANAS – 5 vagasCafu e Neymar subirão ao palco para participar do sorteio. A fórmula de disputa prevê que as 24 seleções pior colocadas no ranking da Fifa disputem a primeira fase das eliminatórias africanas. Elas serão divididas em dois potes: um com as 12 de pior colocação, e outro com as 12 de melhor colocação. O sorteio definirá um mata-mata de ida e volta entre uma seleção de um pote e outra de outro, nos dias 11 e 15 de novembro. Os vencedores irão para a segunda fase, quando se juntarão a outras 28 seleções, formando 40 times que serão novamente divididos em dez grupos de quatro seleções cada. Cada grupo terá jogos de todos contra todos, em ida e volta, entre 1º de junho de 2012 e 10 de setembro de 2013. Os vencedores de cada grupo avançam para a terceira fase, que terá cinco jogos de mata-mata, em ida e volta, nos dias 11 de outubro e 19 de novembro de 2013. Os cinco vencedores classificam-se para o Mundial.
evento da FIFA (Foto: Márcio Iannacca / GLOBOESPORTE.COM)
ELIMINATÓRIAS ASIÁTICAS – 4,5 vagasJá em sua terceira fase, as eliminatórias da Ásia tem 15 seleções que avançaram da segunda fase (Cingapura, China, Síria, Uzbequistão, Indonésia, Qatar, Kuwait, Jordânia, Omã, Líbano, Emirados Árabes Unidos, Iraque, Irã, Arábia Saudita e Tailândia), e que se unirão às cinco seleções pré-classificadas (Japão, Austrália, Coreia do Sul, Bahrein e Coreia do Norte). Esses 20 times serão divididos em quatro potes com cinco equipes cada, respeitando-se o ranking da Fifa de julho de 2011. Zico e Lucas auxiliarão no sorteio da terceira fase, que acontecerá da seguinte forma: as seleções do pote número 4 ficarão na quarta posição de cada grupo, as do terceiro pote vão para a terceira posição, e assim sucessivamente. Os dois melhores colocados de cada grupo avançarão para a quarta fase, cujos jogos acontecem de 3 de junho de 2012 e 18 de junho de 2013. Desta fase, os dez times restantes serão novamente divididos em dois grupos de cinco seleções. Os dois vencedores destes grupos garantem suas vagas na Copa do Mundo de 2014. Os dois terceiros colocados se enfrentarão em mata-mata de ida e volta entre 6 e 10 de setembro de 2013. O vencedor vai para a repescagem intercontinental.
ELIMINATÓRIAS AMÉRICA DO NORTE, CENTRAL E CARIBE – 3,5 vagasBebeto e Michel Bastos serão as celebridades do futebol a ir ao palco para auxiliarem no sorteio dos grupos. Os cinco países vencedores da primeira fase do torneio (Belize, República Dominicana, Ilhas Virgens Americanas, Santa Lúcia e Bahamas) se unem aos 19 países da região mais bem colocados no Ranking da Fifa, que não disputaram a primeira fase. As 24 seleções serão divididas em seis grupos com quatro equipes cada. Os seis primeiros colocados avançarão para a próxima fase. EUA, México e Honduras estarão no primeiro pote; Jamaica, Costa Rica e Cuba estão no segundo; e os seis vencedores dos seis grupos vão para o terceiro. Serão sorteados três grupos para a terceira fase. Com jogos entre os dias 8 de junho e 16 de outubro de 2012, os três primeiros e segundos colocados vão para a quarta fase. Nesta etapa, as seis equipes jogam entre si de 6 de fevereiro a 15 de outubro de 2013. Os três melhores garante vaga no Mundial do Brasil. O quarto colocado vai para a repescagem intercontinental.
OCEANIA – 0,5 vagaLucas Piazon e Zagallo conduzirão o sorteio, que terá inicialmente as quatro seleções da região com a pior colocação no ranking da Fifa todas contra todas entre 21 e 26 de novembro. A vencedora integrará um grupo com outras sete equipes na segunda fase, que será disputada em formato todos contra todos entre 1 e 12 de junho de 2012. As quatro melhores avançam para a terceira fase, que terá jogos de ida e volta entre 7 de setembro de 2012 e 26 de março de 2013. O vencedor vai para a repescagem intercontinental.
AMÉRICA DO SUL – 4,5 vagasA disputa não terá sorteio, já que o formato prevê jogos de ida e volta, todos contra todos, entre 7 de outubro de 2011 e 15 de outubro de 2013. Como o Brasil já possui vaga assegurada na Copa de 2014, por ser o país sede, as nove outras seleções do continente disputarão quatro vagas diretas para o Mundial. A quinta colocada irá para a repescagem intercontinental.
EUROPA – 13 vagasRonaldo e Paulo Henrique Ganso serão os auxiliares do momento principal do sorteio das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. As 53 seleções do continente serão divididas em oito grupos de seis equipes, e um grupo de sete. As partidas acontecem entre os dias 7 de setembro de 2012 e 15 de outubro de 2013. Os nove vencedores de cada grupo garantem vaga na Copa do MUndo de 2014. Os oito melhores segundos colocados se enfrentam em mata-mata de ida e volta entre os dias 15 e 19 de novembro de 2013. Os vencedores também se classificam para o Mundial. Por conta de tensões políticas, a Uefa pediu que Rússia e Geórgia não estejam no mesmo grupo das eliminatórias europeias, o que foi aceito pela Fifa.

A NONA DO FUTEBOL AFRICANO

Os grupos da fase decisiva das eliminatórias africanas já estão definidos.

Outros confrontos:
Lesoto x Burundi
Eritreia x Ruanda
Suazilândia X República do Congo
São Tomé x Príncipe x Congo
Chad x Tanzânia

Somália contra Etiópia.

Guiné Equatorial contra Madagascar.

Comoros contra Moçambique.

Ilhas Maurício contra Libéria.

Djibouti enfrentará Namíbia.

OS GRUPOS

Grupo J:
Senegal, Uganda, Angola e Ilhas Maurício/Libéria.

Grupo I:
Camarões, Líbia, Guiné-Bissau/Togo e Suazilândia/República do Congo

Grupo H:
Argélia, Mali, Benin e Eritreia/Ruanda.

Grupo G:
Egito, Guiné, Zimbábue e Comores/Moçambique.

Grupo F:
Nigéria, Malaui, Seychelles/Quênia e Djibui/Namíbia.

Grupo E:
Burkina Fasso, Gabão, Níger e São Tomé e Príncipe/Congo

Grupo D:
Gana, Zâmbia, Sudão e Lesoto/Burundi

Grupo C:
Costa do Marfim, Marrocos, Gâmbia e o vencedor do duelo entre Chade e Tanzânia.

Grupo B:
Tunísia, Cabo Verde, Serra Leoa e o vencedor do confronto entre Guiné Equatorial e Madagascar.

Grupo A:
África do Sul, Botsuana, República Centro-Africana e o vencedor do duelo entre Somália e Etiópia.

OBAMA RECLAMA DA SOLUÇÃO BIPARTIDÁRIA

A quatro dias do fim do prazo a partir do qual o país ficará sem dinheiro para honrar dívidas, o  presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, voltou a cobrar nesta sexta-feira (29) que republicanos e democratas cheguem a um acordo para resolver o impasse em torno da crise da dívida norte-americana. Em pronunciamento que durou menos de dez minutos, Obama pediu que a população mantenha a “pressão sobre Washington” e disse que qualquer solução para o tema precisa ser conseguida pelos dois partidos.
“O que está claro agora é que qualquer solução para evitar um default (calote) precisa ser bipartidária”, disse o presidente em discurso proferido na Casa Branca, um dia depois os líderes republicanos na Câmara adiarem mais uma vez a votação de seu plano, quando ficou claro que eles não tinham votos suficientes para aprová-lo.
O governo dos Estados Unidos está correndo contra o tempo para não colocar em risco sua credibilidade de bom pagador.
Se até o dia 2 de agosto o Congresso não ampliar o limite de dívida pública permitido ao governo, os EUA podem ficar sem dinheiro para pagar suas dívidas: ou seja, há risco de calote – que seria o primeiro da história americana.
A elevação do teto da dívida permitiria ao país pegar novos empréstimos e cumprir com pagamentos obrigatórios.
Em pronunciamento nesta sexta, o presidente norte-americano declarou que “há muitas maneiras de sairmos dessa confusão, mas nós estamos quase sem tempo”, afirmou o presidente.
“Não é uma situação na qual as duas partes estejam a quilômetros de distância”, afirmou Obama, que pediu que os norte-americanos continuem a “fazer sua voz ser ouvida”, por telefone, e-mails e Twitter, para que “mantenham a pressão sobre Washington”.
Por trás da discussão em torno dos números da dívida, há uma disputa política entre parlamentares do governo e da oposição.
A oposição republicana, adversária política de Obama, exige que o aumento do limite seja vinculado a cortes maiores no orçamento americano dos que os desejados pelo governo democrata, com medidas como corte de benefícios sociais, que poderiam afetar a vida do cidadão americano.
(Veja vídeo: economista comenta discurso de Obama na Globo News)
Durante o discurso, Obama sinalizou que aceitaria um plano de duas partes para elevar o teto da dívida, atualmente em US$ 14,3 trilhões, em que a segunda parte incluiria uma reforma tributária tributária e mudanças nos programas de benefício social.
Obama destacou, no entanto, que a primeira parte do plano deveria ser longa o suficiente para durar em 2012. Do contrário, “o país teria que reviver esta crise em alguns poucos meses”, alertou.
Perda de credibilidade
O presidente ainda alertou que, caso os dois partidos não cheguem a uma solução comum, os EUA poderão perder sua credibilidade no mercado por questões meramente políticas.
“Se não fizemos isso poderemos perder a credibilidade AAA do nosso país, não porque não temos condição de pagar nossas dívidas, mas porque não temos um sistema político AAA”, disse Obama, referindo-se à nota dos títulos norte-americanos no mercado, que atualmente são considerados os mais seguros do mundo.
Este mês, em meio às discussões sobre a elevação do teto da dívida, a agência de classificação de risco Standard & Poor’s afirmou que existe uma entre duas possibilidades de que poderá rebaixar a nota ‘AAA’ de crédito dos Estados Unidos se o país não chegar logo a um acordo para elevar o teto da dívida do governo.
Para o presidente, tal situação seria “imperdoável”. “Há muitas crises no mundo que não podemos prever ou evitar, como furacões, terremotos. Essa não é uma delas”, disse.
FONTE:  SERGIPE HOJE

IV CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE UMBAÚBA

A Secretaria de Inclusão Social de Umbaúba realiza no próximo dia 2 de agosto a IV Conferência Municipal da Assistência Social. O evento tem como tema principal “Consolidar o SUAS (Sistema Único de Assistência Social) e Valorizar seus Trabalhadores”. O objetivo do encontro é reunir a sociedade civil e servidores públicos para discutir melhorias nos projetos sócio-assistenciais desenvolvidos no município.
O evento será realizado no Colégio Estadual Benedito Barreto do Nascimento, das 7h30 às 17h, e contará com apresentações culturais do balé caipira do PETI, apresentação musical de integrantes do Projeto Mãos que Fazem, peça teatral do Projovem e, ainda, quadrilha do grupo de idosos.
Durante a conferência, as palestrantes Uila Ribeiro Araújo e Rosimare Dias Oliveira, que fazem parte do Conselho Estadual de Assistência Social, vão abordar o tema principal para discutir estratégias para a estruturação da gestão do trabalho no SUAS e a qualificação dos serviços sócio-assistenciais.
Eixos temáticos
Os participantes também irão discutir outros eixos temáticos, como a Estratégia para estruturação da gestão do trabalho no SUAS; Reordenamento e qualificação dos serviços sócio-assistenciais; Fortalecimento da participação e do controle social; e a Centralidade SUAS na erradicação da extrema pobreza no Brasil.
Segundo a coordenadora da conferência, Ana Cácia Fernandes, o evento deve melhorar a qualidade do SUAS. “Durante todo o dia vamos discutir estratégias para melhorar a qualidade de vida da população e dos servidores da ação social para levar o bem estar às famílias mais necessitadas”, disse. No encontro, oito pessoas serão escolhidas para levar as propostas de Umbaúba para a Conferência Estadual.
Ilustração: Ascom/ P. de Umbaúba


Fonte/Autor: Jéssica Costa – Ascom/ P. de Umbaúba

RANDI ZUKERBERG PEDE FIM DO ANONIMATO NA INTERNET

A diretora de marketing do Facebook, Randi Zuckerberg, quer acabar com o chamado ‘ciberbullying’. Para isso, a irmã de Mark Zuckerberg quer que todas as pessoas abandonem o anonimato online. As informações são do Huffington Post.
O Facebook já exige que todos os usuários da rede social sejam cadastrados com nome real e e-mail. A política tem sido difícil de ser aplicada a todos os membros. No entanto, Randi entende que o fim do anonimato acabará com uma série de abusos na web.
Diretora de marketing da rede social acredita que a medida vai melhorar comportamento de usuários
Diretora de marketing da rede social acredita que a medida vai melhorar comportamento de usuários
“O anonimato na internet tem que acabar. As pessoas tem melhor comportamento quando seus nomes estão baixo… A pessoas se escondem por trás do anonimato e pensam que podem dizer o que querem”, afirmou Randi em um painel sobre mídias sociais promovido pela revista Marie Claire.
A diretora de marketing do Facebook não é a primeira a sugerir a identificação de usuário. O ex-CEO do Google Eric Schimidt já disse no ano passado que as condições atuais (com usuários anônimos) são “perigosas”. Ele previu que um dia os governos exigirão que as pessoas usem seus nomes para qualquer atividade online.
Alguns ativistas, no entanto, se preocupam com tal proposta. As consequências podem ser negativas por conta das restrições a liberdade de expressão. “Esse tipo de política pode ser negativa em termos de diálogos de importantes tópicos que podem ser suprimidos”, criticou o jornalista Mathew Ingram, em artigo no site Gigaom.
fonte: Terra

PAULO PASSOS INDICA NOVO SECRETÁRIO EXECUTIVO DOS TRASPORTES

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, indicou nesta quinta-feira (28) Miguel Masella para o cargo de secretário-executivo da pasta.

A informação, da assessoria do Ministério dos Transportes, foi confirmada pelo Palácio do Planalto. Segundo o ministério, a nomeação deverá ser publicada nos próximos dias no “Diário Oficial da União”.

Masella já ocupa o cargo interinamente. Ele acumula a função com a de secretário de Gestão de Transportes. O secretário-executivo anterior era Paulo Passos, atual ministro.
Passos foi indicado para o comando da pasta após a demissão do ex-ministro Alfredo Nascimento, que deixou o cargo depois da divulgação de denúncias de superfaturamento em obras comandadas pelo ministério.
Servidor público de carreira, Masella foi aprovado em concurso como técnico de Planejamento em 1973. Ele é mestre em Engenharia de Transportes pelo Instituto Militar de Engenharia.
É a segunda vez que ele ocupará o cargo de secretário-executivo da pasta. Masella já havia ocupado o cargo entre 2006 e 2007, na gestão do ex-ministro Alfredo Nascimento, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva.