REGIÃO SUL DE SERGIPE ANIMADA COM NOVA PRODUÇÃO DE CACAU

O cultivo do cacau em Sergipe é recente, tem menos de três anos e a produção vem basicamente da agricultura familiar. O grande desafio hoje do produtor é reduzir o déficit de água e garantir a umidade constante para a cultura.

O cacaueiro é uma planta de clima quente e úmido e a região do sul de Sergipe oferece condições favoráveis para o desenvolvimento. O que preocupa os agricultores são os períodos de estiagem, mais longos do que na Bahia, principal estado produtor.

O agricultor José Angelo encontrou no sistema de irrigação a solução para o problema e ainda conseguiu aumentar a produção. “Produziu mais, muito mais. Se antes eu colhia 20 arrobas, agora dobrou, passamos a tirar 40, 50 arrobas”, comemora.

A Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) estima que a área destinada ao cultivo do cacau no estado seja de pouco mais de cinco hectares, mas como a cultura tem sido bem aceita, a tendência é que outros cultivos cedam espaço para o cacaueiro.

Mesmo com uma produção pequena, estimada em duas toneladas este ano, os agricultores sergipanos já estão lucrando com a venda de amêndoas e de mudas de cacau e para muitos, ele já é visto como alternativa para recompensar prejuízos com o cultivo da laranja.

INFO: GLOBO RURAL

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s