FALECEU O EX-VICE PRESIDENTE JOSE DE ALENCAR

FALECEU AGORA A POUCO NO HOSPITAL SIRIO-LIBANES EM S~SO PAULO O EX-VICE PRESIDENTE DO BRASIL JOSE DE ALENCAR,

JOSE DE ALENCAR ESTAVA INTENADO DESDE O ULTIMO DOMINGO E DE LÁ PARA CÁ SEU QUADRO ERA CADAVEZ MAIS PREOCUPANTE. DESDE A MADRUDADA DESTA TERÇA FEIRA, O CORAÇÃO DELE VINHA APRESENTANDO UMA BAIXA SIGNIFICATIVA NOSBATIMENTOS, E QUE NESTA TARDE CULMINOU NA SUA MORTE POR FALENCIA MULTIPLAS DOD ORGÃOS .

JOSE DE LENCAR LUTAVA CONTRA UM TOMOR CANCERIGENO NO ABDOMEM DESDE 2006, MAIS A SUA AGONIA COMECOU A CERCA DE 14 ANOS ATRÁS E DE LA PARA CÁ, JÁ FORAM 06 TUMORES COM ESSE E MAIS DE 17 CIRURGIAS.

VEJAM UM PEQUENO RESUMO DA SUA HISTÓRIA

José Alencar Gomes da Silva (Muriaé17 de outubro de 1931 – São Paulo29 de março de 2011), foi um empresário e político brasileiro.

Foi senador pelo estado de Minas Gerais e vice-presidente do Brasil de 1 de janeiro de 2003 a 1 de janeiro de 2011.

Foi um dos maiores empresários do estado de Minas Gerais, construiu um império no ramo têxtil, sendo a Coteminas sua principal empresa. Elegeu-se vice-presidente da República do Brasil na chapa do candidato do PTLuiz Inácio Lula da Silva, em 2003, conseguindo a reeleição em 2006, assegurando, portanto, a permanência no cargo até o final de 2010.

Biografia

Nascimento e Vida

Filho de Antônio Gomes da Silva e Dolores Peres Gomes da Silva, começou a trabalhar com sete anos de idade, ajudando o pai em sua loja. Tinha 14 irmãos e irmãs. Quando fez quinze anos, em 1946, foi trabalhar como balconista numa loja de tecidos conhecida por “A Sedutora”. Em maio de1948, mudou-se para Caratinga, para trabalhar na “Casa Bonfim”. Notabilizou-se como grande vendedor, tanto neste último emprego, quanto no anterior. Ainda durante sua infância, entrou para o movimento escotista.[1]

Morreu dia 29 de março de 2011

Carreira profissional e empresarial

Aos dezoito anos, iniciou seu próprio negócio. Para isto contou com a ajuda do irmão Geraldo Gomes da Silva, que lhe emprestou quinze milcruzeiros. Em 31 de março de 1950, abriu a sua primeira empresa, denominada “A Queimadeira”, localizada na cidade de Caratinga. Vendia diversos artigos: chapéus, calçados, tecidos, guarda-chuvas, sombrinhas, etc. Manteve sua loja até 1953, quando decidiu vendê-la e mudar de ramo.

Iniciou seu segundo negócio na área de cereais por atacado, ainda em Caratinga. Logo em seguida participou – em sociedade com José Carlos de Oliveira, Wantuil Teixeira de Paula e seu irmão Antônio Gomes da Silva Filho – de uma fábrica de macarrão, a “Fábrica de Macarrão Santa Cruz”.

No final de 1959 seu irmão Geraldo faleceu. Assumiu então os negócios deixados por ele na empresa União dos Cometas. Em homenagem ao irmão, a razão social foi alterada para Geraldo Gomes da Silva, Tecidos S.A.

Em 1963, constituiu a Companhia Industrial de Roupas União dos Cometas, que mais tarde passaria a se chamar Wembley Roupas S.A. Em 1967, em parceria com o empresário e deputado Luiz de Paula Ferreira, fundou, em Montes Claros, a Companhia de Tecidos Norte de Minas, Coteminas. Em 1975, inaugurava a mais moderna fábrica de fiação e tecidos que o país já conheceu.

A Coteminas cresceu e hoje são onze unidades que fabricam e distribuem os produtos: fios, tecidos, malhas, camisetas, meias, toalhas de banho e de rosto, roupões e lençóis para o mercado interno, para os Estados Unidos, Europa e Mercosul.

Vida pública

Carreira política

Na vida política, foi presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, presidente da FIEMG (SESISENAIIEL, CASFAM) e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria. Candidatou-se às eleições para o governo de Minas Gerais em 1994 e, em 1998, disputou uma vaga no Senado Federal, elegendo-se com quase três milhões de votos. No Senado, foi presidente da Comissão Permanente de Serviço de Infra-Estrutura – CI, membro da Comissão Permanente de Assuntos Econômicos e membro da Comissão Permanente de Assuntos Sociais.

Foi, ao início, um vice-presidente polêmico, ao assumir o cargo em 2003, tendo sido uma voz discordante dentro do governo contra a política econômica defendida pelo ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, que mantém os juros altos na tentativa de conter a inflação e manter a economia sob controle.

Já a partir de 2004, passou a acumular a vice-presidência com o cargo de ministro da Defesa. Por diversas oportunidades, demonstrou-se reticente quanto à sua permanência em um cargo tão distinto de seus conhecimentos empresariais, mas a pedidos do presidente Lula, exerceu a função até março de 2006. Nesta ocasião, renunciou para cumprir as determinações legais com o intuito de poder participar das eleições de 2006. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009[2].

Em 25 de janeiro de 2011, recebeu a medalha 25 de janeiro da prefeitura de São Paulo[3]. Ao entregar a medalha ao ex-vice-presidente, a presidente Dilma Rousseff ressaltou: “Eu tenho certeza de que cada brasileira e brasileiro deste imenso país gostaria de estar agora em São Paulo – esta cidade-síntese do espírito empreendedor do país que completa hoje 457 anos de existência – para entregar junto conosco a Medalha 25 de Janeiro ao nosso eterno vice-presidente da República, José Alencar.” Já, Alencar disse: “Não posso me queixar. A situação está tão boa que não tem como melhorar, todo mundo está rezando por mim”. Apesar de estar em uma cadeira de rodas, ele ainda até brincou com o público dizendo: “Aprendi com Lula que os discursos devem ser como um vestido de mulher: nem tão curtos que possam escandalizar, nem tão longos que possam entristecer”[4][5].

José Alencar possui um delicado histórico médico. Desde o ano 2000, enfrenta um câncer na região abdominal e já passou por mais de 15 cirurgias – uma delas com duração superior a 20 horas. Em sua longa batalha contra o câncer, submeteu-se a um tratamento experimental nos Estados Unidos, com resultado inconclusivo. Em 2010, após repetidas internações e intervenções médicas, decidiu desistir de se candidatar ao Senado, por considerar uma injustiça com os eleitores. Hoje Morreu

No final de seu mandato como vice-presidente da república, em 2010, apresentou o complexo estado de saúde, passando por um momento dificíl, sendo até mesmo necessário o interrompimento do tratamento contra o câncer. No dia 22 de dezembro de 2010, foi submetido a uma cirurgia para tentar conter uma hemorragia no abdômen.[6] No dia seguinte Lula e a então presidente eleita Dilma Rousseff visitaram-o nohospital Sírio-Libanês em São Paulo.]Ele faleceu no dia 29 de março.

Anúncios

PRESO O ASSASSINO DO SOBRINHO DE POPÓ

O jovem Jefferson dos santos de 19 anos ,conhecido como GEU DE BORÓ, residente em umbaúba sul de sergipe, entregou se a policia de estância/se na tarde dessa quinta feira.

acompanhado de sua mãe e de seu advogado o rapaz chegou a delegacia da policia civil de Estancia/se por volta das 16:00hs da tarde. a mãe do rapaz disse que ao falar com ele depois do incidente convenceu ele a se entregar pois teme represalia por parte da familia do paulo roberte depois de ficar sabendo que eles disseram que ´´ se a policia não encontrar daremos o nosso jeito “.

Jeferson deu uma nova versão para o caso, disse que estava no corredor da folia em Itabaianinha quando se esbarrou com Paulo. Por conta disso teria derramado cerveja na roupa do rapaz. Após uma discussão ele alega que saiu do local, mas que depois Paulo teria ido continuar a conversa. Segundo ele, por medo de ser agredido atirou contra a vítima. Após o cometimento do crime ele fugiu do local e contou ao delegado que a arma do crime caiu durante a fuga.

Durante esse período em que esteve foragido, Jeferson disse que ficou escondido em uma matagal próximo a sua residência na cidade de Umbaúba. E que sempre que necessitava ia até a sua residência para tomar banho e realizar as refeições.

O acusado se entregou a polícia na companhia de um advogado. E nessa sexta-feira, 11, será apresentado as 10h a imprensa na  Coordenadoria das Policias do Interior, que fica localizado na Secretária de Segurança Pública.

FAMÍLIA DE PAULO

Paulo Roberto Coelho Júnior, 20, foi morto assassinado na segunda-feira, 7, no município de Itabaianinha. O jovem Paulo Roberto resistiu a um assalto, e após a briga recebeu os tiros. “Meu filho era uma pessoa tranquila e resolveu sair de Salvador para se divertir aqui em Sergipe com a família da namorada. Ele não se envolveu em nenhuma confusão. Foi assalto. Tentaram levar a corrente dele. Como ele não entregou, atiraram tirando-lhe a vida”, lamenta Paulo Roberto Coelho, irmão do pugilista e deputado federal Acelino Popó Freitas.

BUSCA PELO ASSASSINO DO SOBRINHO DE POPÓ CONTINUA

continua a investigação do assalto que levou a morte PAULO ROBERTO COELHO JUNIOR, sobrinho do ex-pugilista  Acelino POPÓ de freita na madrugada de terça-feira na cidade de ITABAIANINHA/SE a 118km da capital aracaju.

PAULO ROBERTO COELHO JUNIOR






Na noite de terça feira o delegado PAULO CRISTIANO da delegacia regional da cidade de estância, disse que o suspeito do assassinato ja havia sido reconhecido. seu nome é JEFERSON DOS SANTOS, ( conhecido como geu de boró), que segundo a familia esta fora de casa desde a segunda-feira dia 07/03/2011. ainda segundo a familia do acusado, ele sempre foi uma pessoa pacata, tranquilo, e nnca havia se envolvido em crimes como este.


segundo PAULO ROBERTO COELHO, pai do rapaz morto e sobrinho de popó, ainda esta semana ele e o imão dep. federal popó vem a capital de sergipe aracaju, para pedir mais impenho nas investigações por parte da SSP de segipe e do governador.

POIS BEM TUDO ISSO ME LEMBROU UM CASO PASSADO A POUCO MAS DE 1ANO E MEIO NA BAHIA ENVOLVENDO O NOME DO HOJE DEPUTADO FEDERAL POPÓ E DE SEU IRMÃO. NESTE EPISÓDIO, POPÓ E O IMÃO FORAM ACUSADOS DE ENVOLVIMENTO NUMA TENTATIVA E NUM ASSASSINATO DE DOIS JOVENS, UM DE NOME JONATAS ALMEIDA DE 22 ANOS NAMORADO DE SUA SOBRINHA DE 17 ANOS NA ÉPOCA, QUE CONSEGUIU ESCAPARE, JÁ O SEU AMIGO DE 28 ANOS NÃO TEVE A MESMA SORTE E FOI MORTO NO LOCAL.




  • O FATO




O ex-pugilista Acelino Popó Freitas está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Salvador, suspeito de ter participado na semana passada de um assassinato e de uma tentativa de homicídio. Os crimes foram cometidos contra o pintor Jonatas Almeida, que era namorado de uma sobrinha de Popó e conseguiu escapar dos criminosos, e contra um amigo dele, Moisés Pinheiro, que acabou morrendo.


De acordo com Jonatas Almeida, de 22 anos, a sobrinha de Popó, de 17 anos, passou o período entre 5 e 9 de setembro em sua casa, no bairro de Itapuã, em Salvador, por vontade própria. Na tarde do dia 9, porém, o ex-pugilista teria ido à residência para buscar a jovem, mas não encontrou o pintor.


Ao deixar o local, o ex-pugilista teria deixado um recado com uma vizinha, dizendo que colocaria a polícia atrás do pintor. Pouco depois, Popó ainda teria ligado para ameaçar Jonatas Almeida.


Duas horas após o ex-pugilista deixar o local, dois homens armados teriam invadido a casa e sequestrado tanto Jonatas Almeida quanto Moisés Pinheiro. O pintor conta que conseguiu escapar, correndo, dos criminosos. Mas o seu amigo, que tinha 28 anos, foi morto a tiros – seu corpo foi encontrado no dia seguinte, nos fundos de uma fábrica, no Centro Industrial de Aratu, do outro lado da cidade.


Popó admite que conversou com Jonatas Almeida no dia do crime, mas alega que não o ameaçou e nem agrediu. Pouco depois de conversar com o pintor, o ex-pugilista foi ao Estádio de Pituaçu, onde assistiu ao jogo entre Brasil e Chile, pelas Eliminatórias da Copa de 2010.


Em entrevista à TV Itapoan, Popó chegou a chamar o caso entre sua sobrinha e o pintor de “pedofilia” e disse que agiu “como um pai que tenta proteger a família”.


À frente do caso, a titular da Delegacia de Homicídios, Francineide Moura, informa que vai chamar o ex-pugilista para depor e prestar esclarecimentos. “Não tenho nenhuma acusação formal contra Popó”, adiantou a delegada. De acordo com ela, Jonatas Almeida tem passagem na polícia e está sendo processado por receptação de veículos. “Isso não importa. Neste caso, ele é vítima”, explicou. Já Moisés Pinheiro foi enterrado no último sábado, em Salvador.


Em agosto, Popó comemorou os dez anos de seu primeiro título mundial, conquistado com uma vitória sobre o russo Anatoly Alexandrov, em combate válido pelo cinturão dos superpenas da Organização Mundial de Boxe. Ele chegou a iniciar treinamentos para uma luta com a qual comemoraria a passagem da data, mas desistiu, alegando não ter mais estímulo para enfrentar uma rotina dura de treinamentos.


OPINIÃO: é interessante hoje a gente ver toda essa revolta e indignação por parte de POPÓ  e de seu irmão o PAULO ROBERTO COELHO, mesmo tendo o fato como sendo o assassinato do seu filho e sobrinho. revendo a reportagem em que aparece o deputado como envolvido ele diz a emissora de TV que  ´´ simplesmente agil como um pai busca proteger a familia “. vendo desse modo se o JONATA tivesse morrido, talvez a sua forma de proteção familiar tivesse sido melhor executada?,. e ele talvez não fizesse falta a ninguem, não é?


A vinda do deputado a sergipe para pressionar o governador e secretaria de segurança publica, deixa a entender que não temos capacidade, e que só funcionamos sob pressão? acho que não, pois até já conseguimos identificar o suspeito, só não houve a prisão porque esquecemos de pedir para ele esperar em casa. já ada bahia não conseguiu achar o culpado do caso dele, ou será que é porque o principal acusado era o POPÓ?


pois bem o para não morreu, esse ano morre o seu sobrinho, e a coisa para ele mudou, pois o juninho faz falta a alguem.


acaso da vida ou capricho da natureza?


Rodeval lima de santana

BBB 11- TALULA VAI EMBORA

A PARTICIPNTE TALULA É A 11ª ELIMINADA DO BIG BROTHER BRASIL 11 OU BBB11, COM 63% DOS VOTOS DO POVO, APÓS A SUA SAIDA E AIDA CONVERSANDO COM O BIAL ELE PERGUNTOU O QUE ELA ACHAVA DA SUA VOTAÇÃO TÃO EXPRECIVA , E ELE DISSE QUE TALVEZ FOSSE PELO SEU JEITÃO TÃO MASCARADO.

PARACEQUE DESSA VER ELA NÃO CONSEGUI SUSTENTER A SUA MASCARA. SERA QUE OU OUTROS QUE FICARAM VÃO CONSEGUIR MANTE LAS?

IDENTIFICADO O ASSASSINO DO SOBRINHO DO EX-LUTADOR BAIANO POPÓ

Foi identificado nesta terça feira, dia 08/03/2011, o homem suspeito de ter matado o jovem Paulo coelho junior de 20 anos na cidade de Itabaianinha sergipe, durante um assalto.

o individuo por nome de Jeferson dos santos vulgo gel de boro, residente em umbauba, cidade que fica a cerca de 30km de onde o crime aconteceu nesta madrugada, durante as investigações, a policia na pessoa do delegado de estancia, cidade tabmer visinha da região sul do estado.

hoje a tarde a familia foi a Aracaju para fazer a liberação do corpo e disse que o fato aconteceu depois de uma discurção onde o GEL DE BORÓ pedio um correntão que o paulo estava usando , quando o paulo se recusou a entrega em purrando-o ele então sacou um revolver e desparou contra o paulo.

apesar de o suspeito ter  sido identificado não esta preso encontra se foragido no momento, quem tiver qualquer informação sobre o gel de boró, ligue para o 190.

EX-BBB ARIADNA E ROBERTA CLOUSE TROCAM FARPAS

Ariadna usou seu Twitter para responder às críticas de Roberta Close, feitas ao “Estadão”, na segunda-feira, 7.

“Gente, eu não acho nada da Close. Deixa ela falar o que ela quer. Não se esqueçam de que temos que respeitar os mais velhos”, escreveu a ex-BBB.

Roberta chegou a deixar o Baile de Gala do Rio de Janeiro, na quinta-feira, 3, ao ser informada de que dividiria o camarote com Ariadna.
TRANSEXUAL E MODELO ROBERTA CLOSE

A ex-BBB aproveitou ainda para reclamar que foi desrespeitada no momento em que a sandália de strass que usava na Sapucaí cortou seu pé. “Umas 20 pessoas vieram me puxando para todos os lados. Eu disse que estava com o pé cortado, que precisava sair dali, e eles disseram ‘Ai, que pé cortado o quê, vem fazer foto’. Respeito zero comigo”, disse a transexual.
Ariadna, que desfilou pela Vila Isabel, disse ainda que o público a vaiou porque ela não quis ser puxada, por conta do pé. “Fiquei muito triste”, desabafou.