VICE-GOVERNADOR JACKSON BARRETO VAI AO SERTÃO SERGIPANO VISITAR BARRAGENS

 Fotos: Marco Vieira/ASN
O vice-governador Jackson Barreto visitou os municípios de Canindé de São Francisco e Poço Redondo nessa terça-feira, 6. Acompanhado do secretário de Estado de Agricultura, José Sobral, do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), Mardoqueu Bodano, e do ouvidor do Estado, Luiz Eduardo Costa, Jackson vistoriou as barragens Bate Lata e Chapéu de Couro, em Poço Redondo, e Santa Brígida, entre Canindé e Alagoas.
A primeira parada foi na barragem Bate Lata, localizada no assentamento Queimada Grande. “Essa barragem foi construída no primeiro governo de João Alves, em 1983, e não foi feita mais manutenção. Acumular água aqui significa a independência dessa comunidade e qualidade de vida para as pessoas. Isso aqui tem capacidade de acumular água para mil cabeças de gado. É uma obra importante para a região, que é uma importante bacia leiteira. Estamos aqui, em nome do governador Marcelo Déda, para saber qual é o problema da barragem, os serviços que precisam ser feitos para que a barragem volte a funcionar e a acumular água”, declarou Jackson.
Com capacidade de armazenamento 100 mil m³, quantidade suficiente para manter mil cabeças de gado durante seis meses, a barragem Bate Lata apresenta fissuras, comprometendo a contenção de água. “Existem fissuras na barragem e na rocha. Estamos fazendo um estudo para ver a possibilidade de injetar um material para vedar a área. A equipe técnica não recomenda a remoção da vegetação natural do entorno da barragem, porque remover pode inviabilizar a vedação. Vamos fazer a análise e os estudos para recuperação das barragens e apresentar ao governador Marcelo Déda”, disse o secretário de Estado de Agricultura, José Sobral.   
Na ocasião, Jackson ressaltou os investimentos do Governo do Estado no sertão sergipano, como a regularização fundiária de pequenas propriedades e a construção do Canal de Xingó, anunciada na última segunda-feira, 5, pelo governador Marcelo Déda e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho.
“Estamos visitando o sertão no momento mais importante para a região: com o ato da última segunda-feira, de assinatura de liberação de recursos para a construção do canal de Xingó e recursos na ordem de R$ 2 milhões para a regularização fundiária dos agricultores que não possuem escrituras. Com esse documento, o agricultor familiar pode conseguir empréstimo e financiamento bancário para investir em sua produção, o que demonstra o compromisso do Governo com a melhora da qualidade de vida do sertão e da agricultura”, afirmou o vice-governador.
Canal de Xingó
 Orçado em R$ 2, 4 bilhões, o canal de Xingó  terá 305,7 km de extensão, com vazão de 33m³ por segundo e passará (por gravidade) pelos municípios de Canindé de São Francisco, Poço Redondo, Porto da Folha, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória (onde se interligará com outros sistemas de abastecimento existentes),  municípios que estão entre os com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no Nordeste.
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
Fotos: Marco Vieira/ASN
 A obra viabilizará diversas atividades produtivas, a exemplo de agricultura irrigada, pecuária (beneficiando a bacia leiteira existente na região), além de apoio para a agricultura de sequeiro, o que deve promover a geração de uma renda anual líquida para a área diretamente beneficiada superior a R$ 300 milhões.
Chapéu de Couro
Jackson Barreto esteve também na barragem Chapéu de Couro, situada no assentamento Barra da Onça. Ele destacou o benefício social da obra. “Uma análise superficial dos problemas das barragens indicam que um investimento de R$ 400 mil na manutenção de cada uma é suficiente para que as duas barragens voltem a armazenar água. Um valor pequeno diante do enorme benefício social dessas barragens”, disse.
O assentamento Barra da Onça é considerado o primeiro ‘Projeto de Assentamento’ (PA) do estado. Criado em 1986, o local é exemplo de que os assentamentos da reforma agrária podem produzir com qualidade e gerar renda para quem trabalha no campo. O PA Barra da Onça abriga 211 famílias de pequenos trabalhadores rurais. Cada família possui cerca de 33 hectares e, além de trabalhar direta ou indiretamente com a produção de leite, também planta milho e feijão.
Para o vice-prefeito de Poço Redondo, Roberto Araújo, a visita do vice-governador reafirma o compromisso do Governo com o desenvolvimento do sertão sergipano. “Nossa expectativa é muito grande, porque resolvendo os problemas dessas barragens, nossa produção leiteira, de milho e de feijão pode dobrar. Somente no assentamento Barra da Onça temos 211 famílias. No assentamento Queimada Grande são 150 famílias, cerca de 1.500 pessoas”, disse.
IFS
Durante a visita ao município de Poço Redondo, Jackson Barreto participou da solenidade de entrega da escritura de doação de 73 hectares – nos quais atualmente funciona a escola estadual Dom José Brandão – para o Instituto Federal de Sergipe (IFS), onde será construído um novo campus educacional.  “O sertão está diferente, a região está fervilhando de investimentos públicos e privados. A presença do IFS, com cursos tecnólogos, representa o desenvolvimento da região, representa o crescimento do estado. A educação nunca ganhou tanto espaço como no governo de Lula e de Dilma. A educação é um instrumento de inclusão social e a chegada do IFS reflete isso. Sinto-me feliz em acompanhar esse momento tão importante”, declarou Jackson Barreto.
 O reitor do Instituto Federal de Sergipe, Ailton Ribeiro de Oliveira informou que o compus será entregue em 2013. “O IFS passará a ter dez campi em Sergipe. Estamos vivenciando um momento importante, de crescimento da educação técnica, do ensino superior de qualidade. Teremos 50 professores e 50 servidores nesse novo campus, os quais trarão conhecimento, informação e desenvolvimento para a região”, declarou.
Info: ASN
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s