LAMPIÃO ERA ´´ BOIOLA “ , ESCRITOR EM LIVRO

Uma noticia esta semana deixou os amantes e entusiastas do cangaço de cabelo em pé. trata se do anuncio do lançamento no dia de hoje do livro do advogado e juiz aposentado   advogado Pedro de Morais. ele vai lançar seu livro ‘Lampião, o Mata Sete’ hoje, dia 24 de novembro, às 18h. no dia 1º de dezembro, no mesmo horário, Pedro lançará seu livro na sede da OAB/SE localizada na Av. Ivo do Prado, nº 1072, São José, Aracaju.

No livro o advogado conta que o Rei do Cangaço era Gay e que Maria Bonita entrou no bando para afastar ” a má fama “.

escritores de real talento como, Alcino Alves Costa ao ouvir certos absurdos reagem contra a afirmação do juiz de Direito aposentado Pedro de Morais de que Lampião era homossexual e Maria Bonita adúltera. “Lampião jamais foi gay. Aliás, em toda a história do cangaço, desde os seus primórdios, não se registra nenhum homossexual nos grupos de cangaceiros”, escreve Alcino na edição de hoje do Jornal da Cidade. 


As insinuações de Morais, que lança amanhã o livro “Lampião, o mata sete”, já foram feitas antes pelo antropólogo e fundador do grupo gay da Bahia, Luiz Mott, porém seus argumentos jamais convenceram os pesquisadores do cangaço. A pergunta que se faz é: estivesse Lampião vivo e aterrorizando o Nordeste com seu bando de jagunços, Pedro Morais, Luiz Mott e tantos outros teriam coragem de chamá-lo de boiola?

Leia mais no blog do Mendes e Mendes
Cinform publica esta semana matéria sobre o lançamento do livro.

Eis a parte da magtéria

Título: “Lampião era boiola e não tinha não tinha capacidade de ereção”
Data: 21 de novembro de 2011/Fonte: Cinform – Capa e Pág. 05

É o que defende o escritor e juiz Pedro de Morais no livro “Lampião, o mata sete”. Ele não poupa convicções de que Virgulino Ferreira da Silva erâ homossexual e que Maria Bonita, a Dona Deia, uma adúltera. “Luiz Pedro era amante dele e de Dona Deia. Existia um triângulo amoroso. Lampião não tinha capacidade de ereção”.

“LAMPIÃO ERA BOIOLA E NÃO TINHA CAPACIDADE DE EREÇÃO”

Em “Lampião, o mata sete”, o juiz e escritor Pedra de Morais desmistifica a imagem do Rei do Cangaço e revela detalhes da vida íntima dele e de Maria Bonita.

Poderia ser mais um bom livro falando sobre lampião, mais para que não tem muito de bom para falar após uma vida no minimo monotona e de serviços prestados a qualquer forma, o senhor advogado resolveu sem explicar suas fontes de pesquisa denegrir a imagem de homens e mulheres que bravamente lutaram contra os desmandos coronelistas desse nosso nordeste com afirmações absurdas e sem sentido.


Um dos falhos do ´´escritor“ em “Lampião, o mata sete” vai direto na sexualidade do casal mais famoso do cangaço; Pedro de Morais defende, com profundas convicções, que Lampião era “boiola” e que Maria Bonita, a Dona Deia, sua companheira de aventura, era uma adúltera. 

“Luiz Pedro era amante dele e de Dona Deia. Existia um triângulo amoroso. Lampião nãotinha capacidade de ereção. Em 1922 foi atingido por uma bala que lhe rompeu a bolsa escrotàl Na verdade, era Luiz Pedro quem gozava das delícias do prazer conferido pela mulher do cangaço” sustenta o historiador.

nota do editor:

já ouvi muitas vezes os mais velhos dizer que ´´ mente vazia é oficina do diabo“ e agora que mente vazia é apenas uma oportunidade de fazer algo útil na vida. poi bem deveria ser isso, mais esse bom senhor autor desse texto ao qual ele chama erroneamente de livro não fez o que deveria e quis ser famoso – algo que não conseguiu em sua ultima profissão e isso de certa forma o incomoda – denegrindo a imagem de pessoas que já não podem mais se defender e sem comprovações logicas.

só para que se conste ele fala sobre um acidente com uma bala que teria perfurado a bolsa escrotal do cangaceiro e que isso o havia tornado estéreo. para que ele fique sabendo que a ereção é dada pelo desejo junto com a aceleração do coração e a maior irrigação do pênis com sangue o que deixa o órgão formado por tecidos porosos cheio de sangue e ereto.

em todos os casos até hoje, pessoas que nascem com apenas um ovo (escroto) consegue ter ereção normalmente. cavalos castrados, cachorros onde o saco é arrancado através de um processo de castração – assim se fazia antigamente – consegue ter ereção e ter relações normalmente, só não consegue procriar.

esse é o fato que ele usa como sustentação das suas afirmações no livro.

Rodeval Lima – editor chefe do Portal Alarde.
Anúncios
por Ágora BR. Postado em CULTURA

Um comentário em “LAMPIÃO ERA ´´ BOIOLA “ , ESCRITOR EM LIVRO

  1. Sou Delegado de Polícia no Estado de Sergipe e também um estudioso no assunto cangaço, onde faço pesquisas há mais de 40 anos.

    Como participante do maior movimento pertinente que há no Brasil, o CARIRI CANGAÇO, evento que reúne anualmente as maiores autoridades nacionais e internacionais sobre o tema e que é realizado na cidade do Crato e região do Cariri cearense adjacente, em nome da VERDADEIRA HISTÓRIA QUE FOI VILIPENDIADA com o livro “Lampião, o Mata Sete” resolvi escrever a sua contestação: LAMPIÃO CONTRA O MATA SETE.

    Trata-se do primeiro livro oposição dentro do assunto cangaço. LAMPIÃO CONTRA O MATA SETE, procura refutar tudo que está errado no seu livro opositor, pois essa obra é eivada de vícios do início ao fim. Todas as alegações contidas no livro “Lampião, o Mata Sete” referentes aos conceitos sexuais de Lampião e Maria Bonita são levianas e sem provas algumas por menor que sejam e até mesmo desprovidas sequer de indícios de veracidades, como se a história fosse feita de insinuações vindas do nada, provindas de uma mente criativa sem apresentar fatos alguns que pelo menos deixem dúvidas quanto ao alegado.

    Da citada obra contestada, de todas as aleivosias existentes ainda há muita coisa errada, tais como troca de datas, de nomes de pessoas, de fatos, de passagens, além das constantes tentativas de levar o leitor a erro. Enfim o livro “Lampião, o Mata Sete” é de PÉSSIMO GOSTO EM TODOS OS SENTIDOS, jamais é um livro histórico. Trata-se sim, de um livro FICTÍCIO além de muito mal informativo e mal pesquisado.

    Até os dizeres do escritor Oleone Coelho Fontes que fez a introdução do livro refutado, e que por sinal escreveu o excelente livro “Lampião na Bahia”, em muitas vezes se esbarram em situações totalmente adversas ao pensamento contido no livro “Lampião, o Mata Sete”, em comprovação que de tudo nessa obra há somente fantasias.

    Para maiores informes sobre o meu livro e sobre a sua repercursão no âmbito dos estudiosos e pesquisadores do assunto cangaço, assim como sobre os tantatos comentário pertinenes, sugiro que acessem o site http://www.cangacoemfoco.jex.com.br

    Atenciosamente.

    Archimedes Marques

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s