GOVERNO CUMPRE REJUSTE SALARIAL DOS PROFESSORES EM SERGIPE

Nesta ultima quarta-feira, 28, os professores da rede pública estadual que têm curso superior (nível II a V) receberam o reajuste de 10,16% relativos à segunda e última parcela do pagamento do Piso Nacional do Magistério de 2011.


Os professores da rede pública estadual de ensino que têm curso superior (níveis II a V)  receberam nesta quarta-feira, 28, o reajuste de 10,16%  relativos à segunda e última parcela do pagamento do Piso Nacional do Magistério de 2011. Eles já tinham recebido 5,7% no mês de maio e, com o reajuste de hoje, passam a receber integralmente os 15,87%. Os professores de nível I (Ensino Médio) receberam todo o reajuste em maio.

Segundo pesquisa publicada no portal  G1, da Rede Globo, Sergipe paga o 5° melhor salário de professores do Brasil, ficando à frente de estados ricos como São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Os salários em Sergipe variam de R$ 1,6 a aproximadamente R$ 6,0 mil.

Parte dos professores já havia recebido nos contra-cheques de setembro a totalidade do Piso Nacional do Magistério. Conforme proposta de correção salarial, aprovada em maio deste ano pela Assembleia Legislativa Estadual, o Governo do Estado efetuou o pagamento integral de 15,86% para os professores do nível I e aumento linear de 5,7% para os demais níveis e servidores. Sergipe é o quinto estado da federação que melhor paga ao magistério.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas, desde janeiro de 2010 que o Governo vem pagando o piso nacional do magistério aos professores da rede estadual. “Acabamos de pagar o reajuste proposto para 2011. Isso confirma o cumprimento da lei e o reconhecimento por parte do governador Marcelo Déda da legitimidade do piso do magistério”, destacou.

O secretário afirmou ainda que, “se pegarmos o ano de  2006 como referência,  o menor reajuste oferecido ao magistério na gestão Marcelo Déda foi de 119,1%, muito acima da inflação, pois segundo o Dieese, o INPC do período foi de 27,61%”. Ele deu como exemplo o professor com curso superior em final de carreira, que em 2006 recebia R$ 1,595,01 e hoje passa a receber R$ 3.739,48 , um aumento de 134,4%.

Ainda citando os ganhos salariais dos professores, Belivaldo Chagas lembrou que um professor com doutorado, em final de carreira, ganhava no ano de 2006 o equivalente a R$ 2,556,65 , hoje, passa a ganhar R$ 5,342,10 . “É bom frisar que nos exemplos citados os professores têm apenas um vínculo  e não recebem gratificação de Dedicação Exclusiva e Interiorização, por exemplo”, defende.

O secretário acrescenta que os avanços salariais devem continuar e acha justo que o professor ganhe cada vez mais. “A melhoria salarial   deve servir de estímulo ao professor para que ele ofereça aos alunos cada vez mais uma educação de qualidade”, finaliza o secretário.
Fonte: ASN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s