DEPOIS DE 2 ANOS PRESO POR ESTUPRO, ACUSADORA DIZ QUE HOMEM É INOCENTE

Preso por engano, homem passa 2 anos na cadeia até ser declarado inocente pela própria acusadora.

O servente Carlos Eduardo passou 1 ano e 6 meses na cadeia sob a acusação de ter estuprado a sua enteada uma menina de 12 anos de idade. na época ele ficou na delegacia de maruim e logo depois foi levado para o cadeião em nossa senhora do socorro e de lá, transferido para o presidio de são Cristóvão na grande Aracaju onde permaneceu até o mês de março.

até ai um ledo engano e um provável crime de falso testemunho por parte da garota, mas não é bem assim.
cansada de manter esse miserável segredo guardado por tanto tempo, a menina resolveu desabafar com a sua mãe e ai então é que veio a verdadeira miséria do caso. segundo relatos da garota a mãe, os responsáveis, isso mesmo responsáveis pelo crime fora a sua madrasta e pasmem o seu próprio pai.


´´ Eles botaram os dedos na minha vagina e ela uma faca no meu pescoço e disseram que se eu contasse  para alguém eles me matavam, e para todo mundo você tem de dizer que foi o Carlos pois eu quero que ele morra na cadeia pois eu não suporto ele“ foi isso que disseram os criminosos a menina que relatou a mãe.


o advogado do servente Carlos eduardo já havia pedido o reachamento de sua prisão ao ministério público que negou o mesmo. agora com o depoimento da menina é que seu Carlos pode ser solto e a justiça encerrou o caso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s