A LEI EM UMBAÚBA NÃO SERVE PARA TODOS

Nos dias de hoje com as cidades crescendo em ritmo acelerado as pessoas talvez nem se dão conta da preocupação dos administradores para manter a cidade organizada, e por isso muita gente reclama de algumas atitudes que são tomadas pelos administradores para que se chegue a essa organização.
A cerca de 3 meses atrás, a prefeitura da cidade de umbaúba na região sul do interior sergipano, decidiu cobrar de seus abitantes parte dessa organização que já é de responsabilidade de cada um, mais que poucos ainda se empenham.  No ato, ficou decidido e foi comunicado através de carros de som e outros meios de comunicação que, da quela data em diante seriam proibidas diversas coisas tais como: entulhos de construção nas ruas e calçadas por prazo superior a 72 horas, barracas de lanches em calçadas, banca de revistas em frente a clinica da  cidade entre outras, e que tais medidas eram necessárias visando uma melhor e mais segura locomoção dos pedestres e veículos.
todas esses solicitações teve um prazo máximo de 15 dias para que fossem postas em pratica, caso não fossem cumpridas, os responsáveis seriam notificados e possivelmente multados.
Houveram muitas reclamações diante da decisão e do prazo estabelecida, mais foram cumpridas, e ao andar pelas ruas, as cenas que se viam era de pessoas recolhendo os entulhos, quebrando muros para por as barraquinhas de lanche para dentro, banca de revista sendo removida para outro local.
Tudo isso nos deixaria orgulhosos de ver que a nossa administração se preocupa com o bem estar de todos, mais não é bem isso que acontece.

As leis que gerem municípios e que interferem na vida de todos que vivem nele não atua de forma igualitária para Pobres e Ricos, pelo menos não em Umbaúba ao que parece. enquanto pequenos vendedores de pastel e jornaleiros foram obrigados a retirar seus pequenos negócios da calçada por atrapalharem o transito, grandes empresários da cidade usam essas mesmas calçadas como extensão de suas imensas lojas fazendo as de vitrines de promoções.
http://www.flickr.com/apps/slideshow/show.swf?v=104087


A pouco mais de um mês atrás, o Portal Alarde denunciou em outra parte da cidade o uso de calçadas como vitrine de concessionarias, e hoje o mesmo abuso continua a acontecer  só mudando o endereço e a empresa culpada, mais por que que as leis não se aplicam a eles? porque que grandes empresários parecem não se enquadrarem nessas leis , por que?

   VEJA TAMBÉM

  • Umbaúba cidade moderna? … cidade feliz? … e sujá?
Gostaríamos de saber por que é tão difícil punir culpados quando eles são grandes, será que pelo fato de que eles supostamente pagam mais impostos que os pequenos, tenham então o direito de não se submeterem as mesmas leis que os outros?
Essa é a democracia de direito que nós é oferecida por as pessoas que nos governam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s